(47) 32482659 | (47) 999751694

Na hora da mudança ou de uma reforma, há diversas práticas de decoração que podem ser adotadas para deixar o seu imóvel ainda mais com a sua cara. Há quem compre móveis novos e há quem apenas os mude de lugar. Independente do que é feito, podemos afirmar com tranquilidade que a decoração é a chave para mudar completamente um apartamento.

Mas, e quanto à iluminação? Você já parou para pensar no quanto ela pode transformar um imóvel? Tem em mente que ela é tão importante para a decoração quanto os próprios móveis? Talvez você ainda não saiba disso, mas a iluminação do apartamento é um dos fatores mais importantes do local — e, neste texto, nós explicamos por quê.

Além disso, ainda damos 3 dicas de iluminação do apartamento para que você consiga transformar o seu e fazer com que ele se torne um ambiente ainda mais agradável.

Continue a leitura e entenda!

 

A iluminação do apartamento influencia outros fatores?

Sim — e isso é um consenso entre profissionais de design de interiores. Qualquer projeto de decoração bem executado precisa estar acompanhado de um projeto luminotécnico. Isso porque a iluminação correta destaca as principais características do local e faz com que a decoração fique mais completa.

Com ela, é possível valorizar o ambiente e, para se ter uma ideia, muitas vezes basta ter uma nova iluminação para dar uma cara diferente ao seu apartamento.

Quando as lâmpadas são utilizadas nos locais corretos, por exemplo, é possível deixar o ambiente mais claro ou aconchegante, tudo de acordo com o que o cômodo em questão pede.

E se você quer testar na prática o quanto a iluminação do apartamento é importante, nós trouxemos algumas dicas que você pode colocar em prática. Acompanhe:

dicas de iluminação

 

 

3 dicas de iluminação do apartamento

 

1. Saiba onde usar cores frias e quentes

Você sabe a diferença entre cores quentes e frias? As cores frias são as mais brancas, que auxiliam na observação e promovem maior concentração e foco. Já as cores quentes são as mais amareladas, e estão diretamente relacionadas com conforto e aconchego.

Sendo assim, fica muito claro quais são os ambientes que devem ter as lâmpadas de cada cor. Locais como o quarto e a sala de estar, por exemplo, devem ter lâmpadas quentes, enquanto a cozinha e o banheiro devem ter lâmpadas frias.

 

2. Aposte em lustres

Mas as cores não são o único ponto importante. De acordo com a luminária que é utilizada, o espaço pode ficar muito mais simples ou mais sofisticado — e a escolha entre essas duas características dependerá do seu objetivo com cada cômodo.

Para ter uma sala de jantar fina e requintada, por exemplo, um grande lustre pode ser a melhor aposta. Já para ambientes discretos, uma luminária mais simples é capaz de cumprir o papel.

 

3. Acessórios como lâmpadas coloridas e fitas de LED podem dar um toque especial

Por fim, não poderíamos deixar de falar a respeito dos toques especiais. Normalmente, eles são inseridos no quarto ou na sala de TV. Sabe aquele momento em que você quer apenas sentar e relaxar assistindo a um filme? Esta experiência pode ser ainda melhor com a inclusão de uma leve luz colorida.

As fitas de LED com cores podem ser ótimas neste sentido, sendo posicionadas nos rodapés ou ao redor de alguns móveis.

 

E aí, viu como a iluminação do apartamento pode ser importantíssima para a sua decoração? Caso tenha gostado do texto e queira receber mais conteúdos com dicas para a sua casa, é só seguir a Macon Empreendimentos no Instagram!