(47) 32482659 | (47) 999751694

Seja por qualquer tipo de imprevisto financeiro ou apenas por um esquecimento pontual, a possibilidade de ter o financiamento atrasado em uma ou mais prestações pode acontecer. O que muitos não sabem, porém, é como prosseguir nesses casos.

Até que ponto o imóvel sofre algum risco quando o financiamento atrasa? Os juros de um pagamento atrasado são muito altos? Há multas? Todos esses questionamentos, além de outras dúvidas comuns, serão respondidos ao longo deste texto.

Para saber o que fazer na ocorrência de um financiamento atrasado e não ter nenhum tipo de problema maior com o seu imóvel, é só continuar a leitura abaixo!

 

O que fazer se o financiamento atrasou?

Nós sabemos que este não é o cenário ideal, mas ele ocorre. Imprevistos financeiros acontecem; você pode perder o emprego sem aviso prévio ou ter que arcar com alguma outra despesa com a qual não estava contando. Em qualquer um destes cenários, o atraso de uma ou mais parcelas pode acontecer.

No entanto, quando tiver condições de pagar, é fundamental que você entre em contato com o banco o quanto antes. Assim, além de regularizar a situação e ter a certeza de que problemas maiores não irão acontecer, ainda é possível negociar alguma condição que seja satisfatória tanto para você quanto para a instituição financeira.

juros e multas

 

Juros e multas

A negociação que acabamos de citar é importante por alguns fatores, mas os principais são os juros e as multas. Aqui, não podemos citar valores específicos, pois isso pode variar de acordo com o banco escolhido, com o valor do imóvel e com a quantidade de parcelas do financiamento.

No entanto, o financiamento atrasado funciona como qualquer outra conta que vence: há uma multa pelo atraso e juros que fazem o valor ir aumentando com o passar dos dias, das semanas ou dos meses.

Tenha em mente que, depois de atrasar uma parcela, o mais indicado é colocar a dívida em dia o quanto antes. Caso contrário, os juros fazem com que o valor aumente — e, assim, fica cada vez mais difícil se acertar com o banco.

 

Quantas parcelas podem ser atrasadas?

A multa e os juros irão ocorrer independentemente da quantidade de parcelas atrasadas. No entanto, considerando todo o cenário, este é o menor dos problemas. Afinal, não é o atraso de uma parcela que fará com que você perca o imóvel. Situações mais graves só acontecem depois que uma certa quantidade de prestações não forem pagas.

E isso está expresso no contrato. Portanto, se você estiver com o financiamento atrasado e precisar se organizar financeiramente, procure seu contrato e confira quantas parcelas podem ser atrasadas sem que nenhum problema mais grave aconteça.

 

Financiamento atrasado em quantas parcelas pode causar a perda do imóvel?

E, falando em problemas mais graves… Nenhum deles se compara à possibilidade de perder o imóvel. Neste caso, as instituições financeiras são contempladas pela Lei brasileira. Ela afirma que, mediante três parcelas consecutivas não pagas, o imóvel pode ser vendido através de um leilão.

Isso não significa que ele necessariamente irá; tudo depende do acordo que você tem com o banco. No entanto, é a partir deste tempo que a possibilidade passa a existir.

Portanto, seja organizado com suas finanças! Caso esteja financiando um imóvel, saiba que sua responsabilidade deve dobrar. Assim, você diminui consideravelmente os riscos de aumentar sua dívida, perder seu imóvel ou ficar com o nome sujo.

 

E aí, já tinha parado para pensar no que acontece em um financiamento atrasado? O que achou do texto? Caso tenha gostado e queira receber mais conteúdo, é só seguir a Macon Empreendimentos no Instagram!